Wassef ameaça: “Entrei em modo guerra. Quando isso acontece, viro o diabo”

O advogado-bomba começou a falar e as estruturas do Palácio do Planalto começam a estremecer, Frederick Wassef é considerado um perigo para o clã Bolsonaro e seus aliados.

De acordo com o portal de notícias online da revista ‘Fórum’, segundo relatos dos jornalistas da ‘Veja’, que estiveram com Wassef nesta quarta-feira (24), o ex-advogado estava completamente transtornado.

Chamado de ‘Anjo’, embora ele negue este apelido, Frederick se mostrou emocionalmente descontrolado, tem ataques de fúria, seguidos de euforia e em seguida se mostra deprimido.

A prisão de Queiroz em seu imóvel no em Atibaia (SP), tirou Wassef dos salões do poder de Brasília, de advogado e amigo íntimo do clã Bolsonaro, ele foi rebaixado a uma pessoa indesejável por Flávio e Jair Bolsonaro, o que para ele é inadmissível.

O homem-bomba está visivelmente coagido a assumir sozinho o ato de esconder Queiroz, em entrevista à ‘Veja’, ele revelou que abrigou o ex-assessor de Flávio Bolsonaro, pois ele corria o risco de ser assassinado, em um plano sórdido para incriminar o presidente e destruir a família de Bolsonaro.

Agitado e chorando, Frederick Wassef, o advogado-bomba se torna o ...

“Eu nunca contei ao presidente Bolsonaro. Quando eu puder dizer os motivos, vocês vão me entender e vão me dar razão. Então eu assumi um risco de fazer isso porque eu sei o que é melhor para o filho dele”, diz, confirmando que agiu para proteger tanto o presidente, quanto o filho 01.

Em uma das pausas dramáticas que fez durante a entrevista Wassef deixou claro que sabe muito mais do que revelou e afirmou: “Não se deveria virar as costas para antigos aliados. Entrei em modo guerra. Quando isso acontece, viro o diabo”, disse aos repórteres Daniel Pereira e Sergio Ruiz Luz.

Ao que parece o recado foi dado, resta saber para quem. com https://plantaoaovivo.com.br

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar