Mulher agride homossexual em rodoviária: “vai morrer”

Um funcionário homossexual de uma agência de turismo localizada na rodoviária de São Lucas, em Rio Verde, a 330 km de Cuiabá, no Mato grosso, foi agredido por uma mulher. Em um vídeo que está circulando na internet é possível ver que a agressora faz comentários homofóbicos e de ódio ao afirmar que era  serva de Deus e que a vítima iria morrer. As informações são do iG/ Último Segundo. 

A mulher chegou a quebrar equipamentos do estabelecimento com um bastão afirmando que acima dela “só Deus “. Nas imagens registradas por passageiros que estavam no local durante a agressão é possível ver o homem correndo e pedindo para que a mulher se afastasse.

“Não vou bater na senhora”, dizia o rapaz enquanto ela o arrastava pela camisa.”Você é homem ou você é viado?”, questionou a agressora. A Polícia Militar foi chamada para conduzir a mulher para a Delegacia Judiciária Civil. Um Boletim de Ocorrência foi registrado contra ela.

com 180 graus

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar