Peixe elétrico dá choque e mata 2 crianças durante pescaria no Maranhão


Duas crianças identificadas como Widean Ferreira da Conceição, 12 anos e Lucas Ruan Rocha dos Santos, de 09 anos, morreram na noite da terça-feira (30), após sofrerem uma descarga elétrica de puraqué, peixe típico da região amazônica. O fato ocorreu em um lago no bairro Trizidela, em Bacabal-MA, onde havia uma pescaria.



As crianças estavam acompanhadas quando se desvencilharam dos cuidados dos responsáveis que já se deram conta pelo movimento feito pelas crianças que foram resgatadas por adultos, mas, infelizmente vieram a óbito. Os pescadores perceberam que as crianças estavam morrendo quando viram movimento feito por elas por causa da descarga elétrica. As crianças foram resgatadas ainda com vida, mas não resistiram a descarga elétrica.



O PEIXE

O poraquê (Electrophorus electricus) é uma espécie de peixe actinopterígio, gimnotiforme, que pode chegar a dois metros de comprimento e pesar cerca de vinte quilogramas. É uma das conhecidas espécies de peixe-elétrico, com capacidade de geração elétrica que varia de cerca de trezentos volts, cerca de 0,5 ampères até cerca de 860 volts a cerca de três ampères.



O poraquê ficou conhecido mundialmente por sua capacidade de produzir descargas elétricas elevadas, suficientes para matar até um cavalo, despertando a curiosidade de muitos pesquisadores. Essas descargas são produzidas por células muscularesespeciais, modificadas – os eletrócitos, sendo o conjunto deles denominado de mioeletroplacas. Cada célula nervosa típica gera um potencial elétrico de cerca de 0,14 volt. Essas células estão concentradas na cauda, que ocupa quatro quintos do comprimento total do peixe.


Fonte: Diário Online

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar