Bolsonaro pede que população não vote em partidos de esquerda

O presidente Jair Bolsonaro pediu, durante live nesse domingo (15/11), que a população não vote em partidos de esquerda nas eleições municipais, em que o primeiro turno será nesse domingo (15/11). As informações são do Metrópoles.

Para o presidente, o comunismo” e o socialismo “não deram certo em lugar nenhum no mundo” e os partidos de esquerda querem acabar com as “liberdades”.

“Certos partidos com as cores vermelho, com uma estrela bonita e com a foice e o martelo. Esses partidos mudaram as cores de sua campanha. É uma maneira de tentar enganar você. Esses regimes comunista e socialista não deram certo em lugar nenhum no mundo”, disse o presidente. “Não aceitaremos o comunismo e e socialismo em nosso país”, completou o presidente.

Bolsonaro ressaltou ainda que muitos países da América Latina elegeram governos de esquerda nos últimos tempos e reclamou que o mapa da América do Sul vem sendo “pintado de vermelho”.

O presidente pediu ajuda para não se elejam partidos de esquerda para as prefeituras, como forma de conter “essa onda”. “Olha como está a Venezuela”, destacou o presidente.

O presidente usou a live para pedir votos para seus aliados. Ele disse que usará todos os dias as transmissões ao vivo para fazer o seu próprio “horário eleitoral”. O presidente já vinha usando suas tradicionais lives de todas as quintas-feiras para pedir votos para aliados nos municípios e ainda gravou vídeos para alguns candidatos.

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar