“Quando acaba a saliva, tem que ser na pólvora”, diz Bolsonaro sobre fala de Biden

O presidente Jair Bolsonaro provocou nesta 3ª feira (10.nov) Joe Biden, presidente eleito dos Estados Unidos, ao afirmar que usará pólvora caso o país levante barreiras comerciais contra o Brasil.

Essa é a primeira declaração pública de Bolsonaro em que o presidente faz uma referência indireta a Biden depois das eleições nos Estados Unidos. Em um discurso inflamando durante evento para lançar uma campanha de retomada do turismo no Brasil, Bolsonaro rebateu o que o democrata disse na campanha dos EUA sobre consequências econômicas caso a desvastação da Amazônia continuasse.

“Assistimos há pouco aí um grande candidato a chefia de Estado dizer que, se eu não apagar o fogo da Amazônia, ele levanta barreiras comerciais contra o Brasil. E como é que podemos fazer frente a tudo isso?”, pergunta Bolsonaro. “Apenas a diplomacia não dá, não é, Ernesto? Quando acaba a saliva, tem que ter pólvora, senão, não funciona. Não precisa nem usar pólvora, mas tem que saber que tem. Esse é o mundo. Ninguém tem o que nós temos.”

Bolsonaro é um dos poucos chefes de estado do mundo que ainda não reconheceu a vitória de Biden sobre Donald Trump, para quem o presidente brasileiro torcia publicamente. com https://www.sbtnews.com.br/

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar