Mãe é presa após matar bebês porque ‘órgãos valiam muito dinheiro’

Uma mulher, de 26 anos, foi presa em Las Vegas (Nevada, EUA), na última sexta-feira (6/11), sob acusação de matar as duas filhas, uma de 1 ano e outra de 2 meses, “interessada na venda dos órgãos das crianças”.

As meninas foram mortas por afogamento. A primeira audiência de Amanda Sharp-Jefferson ocorreu na terça-feira (10/11), de acordo com o “Las Vegas Review-Journal”.

De acordo com o boletim de ocorrência, Jaykwon Singleton, o pai das crianças, encontrou as bebês mortas ao voltar para casa. Ele disse aos policiais que foram à residência do casal que Amanda, com quem morava desde 2018, “tentou mantê-lo calado e, a certa altura, fez uma declaração de que seus (das filhas) órgãos valiam muito dinheiro”.

Amanda afirmou aos agentes que acreditava ter caído em uma armadilha, que não tinha filhos e que não conhecia Jaykwon.

O único registro policial anterior de Amanda foi em 2017, por acusação de danificar propriedade privada. Mas o caso acabou arquivado.

Jaykon afirmou que o casal não enfrentava nenhum problema na relação e que não notara qualquer comportamento estranho da namorada. com https://extra.globo.com

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar