Polícia irá apurar denúncia contra Claudia Raia por post no Instagram

Após denúncia do Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região (CREF1), a Polícia Civil de São Paulo abriu investigação contra a atriz Claudia Raia por exercício ilegal da profissão de educadora física. A denúncia está relacionada a um vídeo que a atriz publicou em seu Instagram, em março, fazendo exercícios físicos ao lado do marido, Jarbas Homem de Mello.

De acordo com informações do portal Uol, em depoimento, a artista disse que tudo foi feito com acompanhamento do seu personal trainer, Marcos Prado, formado em educação física.

Ainda segundo Claudia, a ideia de fazer um vídeo com atividades físicas foi um pedido dos seus seguidores. A atriz, que tem quase 7 milhões de seguidores em seu perfil no Instagram, afirmou à polícia que o objetivo da publicação era incentivar a atividade física no momento de pandemia, e que não tinha a intenção de obter lucros financeiros em cima disso.

A notícia-crime foi protocolada contra a atriz em 23 de julho deste ano. Segundo o CREF1, o órgão recebeu diversas denúncias. “Essa modalidade de exercício ilegal da profissão tem dificultado a atuação do CREF1, uma vez que, não sendo profissionais de educação física, o CREF1 não possui nenhum meio de identificar, localizar e fiscalizar tais infratores, nem mesmo a sociedade em caso de qualquer dano à saúde ou mesmo à vida”, diz o documento.

A prática pode se enquadrar no Art.47 da Lei de Contravenções Penais (Lei nº 3.688/1941), que estipula pena de 15 dias a 3 meses de prisão ou multa para quem “exercer profissão ou atividade econômica ou anunciar que a exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado o seu exercício”.

Até a mais recente atualização desta reportagem, a atriz não havia se pronunciado publicamente sobre o caso. UOL

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar