Petrobras reajusta preço do gás de cozinha em 22% no ano

O mês de dezembro está só começando, mas o brasileiro já tem mais um aumento para adicionar ao orçamento. Depois da conta de luz, chegou a vez de o gás de cozinha ficar mais caro. Segundo informações da Petrobras, o valor do botijão de 13 quilos será reajustado em 5% nas refinarias a partir desta quinta-feira (3) em todo o Brasil.

Este é o aumento que a Petrobras aplicará às refinarias. O aumento pode ser repassado ou não ao consumidor pelas distribuidoras, e pode ser ainda maior.

Gás já subiu 22% no ano

Nos primeiros meses de 2020, o preço do gás de cozinha teve uma queda acentuada em razão da pandemia. Depois, a partir de maio, os valores voltaram a subir. No acumulado do ano, já são 21,9% de alta, o equivalente a R$ 6,08 em cada botijão. 

O último reajuste foi feito no início de novembro, quando foi a aplicada a mesma porcentagem, de 5%, por unidade do GLP. 

Alta no mercado internacional

Em nota, a Petrobras informou que a metodologia para definir o preço do gás aqui acompanha os movimentos do mercado internacional, para cima e para baixo.

“Os preços de GLP praticados pela Petrobras seguem a dinâmica de commodities em economias abertas, tendo como referência o preço de paridade de importação, formado pelo valor do produto no mercado internacional, mais os custos que importadores teriam, como frete de navios, taxas portuárias e demais custos internos de transporte para cada ponto de fornecimento”, disse a empresa.  com https://www.cnnbrasil.com.br

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar