“Se Bolsonaro me chamar, não vou trabalhar em Brasília”, afirma Sérgio Meneguelli

Na semana passada, o prefeito de Colatina, Sérgio Meneguelli recebeu o convite do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), para um almoço no Palácio do Planalto. O encontro acontece nesta quarta-feira (02) e está marcado para às 15 horas.

O prefeito conversou com o Tribuna Online e falou sobre os preparativos e as expectativas do encontro.

O prefeito disse que vai aproveitar a oportunidade para tratar sobre assuntos de interesse do município, como infraestrutura e receitas. (Foto: Divulgação)

O prefeito disse que vai aproveitar a oportunidade para tratar sobre assuntos de interesse do município, como infraestrutura e receitas. (Foto: Divulgação)

O assunto da conversa entre Meneguelli e Bolsonaro não foi revelado, mas Meneguelli acredita que o encontro será informal e não para um possível convite para que ele atue na equipe do presidente. No entanto, ele destacou que se for convidado para trabalhar com o presidente, inicialmente, não vai aceitar.

“Estou saindo de um período muito bom de mandato na minha tão amada Colatina, cidade que eu sou fã número 1 e que não quero deixar por nada. Agora meu foco é descansar um pouco e me cuidar. Se Bolsonaro me chamar, não vou trabalhar em Brasília. Apesar de achar que o encontro não terá essa finalidade e que será mais informal, no momento eu não tenho interesse em assumir outro cargo público ainda mais sendo ele longe minha cidade. Não é minha intenção, mas caso esse convite aconteça, eu tenho total consciência de que usarei a diplomacia para levar em consideração um convite tão importante e analisar isso mais pra frente e não por agora”, explicou o prefeito.

E ele ainda destacou: “Se eu fosse escolher em me candidatar para Deputado Estadual ou Federal, com total certeza eu escolheria Estadual, porque eu quero poder cuidar de Colatina por muitos anos ainda”.

O prefeito disse também que vai aproveitar a oportunidade para tratar sobre assuntos de interesse do município, como infraestrutura e receitas.

"Eu não vou fazer é parar de cuidar da cidade. Minha ideia é dar palestras, continuar a organizar os multirões, pintar os canteiros da cidade, plantar mais árvores, colorir e dar vida para as ruas de Colatina. E quero fazer tudo isso de forma voluntária, exercendo meu papel de cidadão" (Foto: Divulgação / Facebook)

“Eu não vou fazer é parar de cuidar da cidade. Minha ideia é dar palestras, continuar a organizar os multirões, pintar os canteiros da cidade, plantar mais árvores, colorir e dar vida para as ruas de Colatina. E quero fazer tudo isso de forma voluntária, exercendo meu papel de cidadão” (Foto: Divulgação / Facebook)

“Vou dialogar como como gestor da forma que eu acho que tem que ser com um presidente. Precisamos olhar pra frente e ter um trabalho coordenado entre governos federal, estaduais e municipais. Vou aproveitar a oportunidade para levar alguns pedidos que eu sei que nossa amada Colatina tanto necessita como por exemplo, as obras que estão paradas há anos e que dependem do governo federal, a ideia da terceira ponte para a cidade, dentre outros. Meu objetivo é mostrar o trabalho que vem sendo realizado em uma cidade do interior do Espírito Santo, como a cidade cresceu e como ainda poderá crescer com o apoio do governo federal nas demandas que precisamos”, pontuou Meneguelli.

‘Sérginho’, como é conhecido na cidade e nas redes sociais, revelou ainda que não vai usar terno e gravata para o encontro desta quarta.

“Eu vou me vestir sendo quem sempre fui. Vou usar meu adorado all star preto e branco, uma calça jeans que eu adoro usar e uma camisa que mandei fazer da cidade. Vou assim, no meu estilo e sendo eu como sempre fui”, relevou o prefeito.

Meneguelli pretende também levar uma camisa com o escrito “Eu amo Colatina” como um presente para Bolsonaro. “Vou dar de presente e espero que ele use. Vai ser uma honra ver um Presidente carregar o nome da minha cidade no peito”.

Agradecimento
“A ligação de Bolsonaro foi uma grata surpresa. Como prefeito, não esperava receber o contato do presidente da República. Fiquei muito feliz e lisonjeado de ter sido convidado pessoalmente por Bolsonaro porque estamos terminando uma gestão que tem sido positiva e receber este reconhecimento de um presidente da república é motivo de grande alegria”, comentou Meneguelli.

Objetivos futuros
O prefeito, que viralizou nas redes sociais com vídeos e fotos pintando as ruas da cidade, concluiu que não pretende parar de cuidar de Colatina.

“Pretendo descansar após encerrar o mandato. Pretendo viajar, cuidar de mim e arrumar algumas coisas na minha casa. Mas o que eu não vou fazer é parar de cuidar da cidade. Minha ideia é dar palestras, continuar a organizar os multirões, pintar os canteiros da cidade, plantar mais árvores, colorir e dar vida para as ruas de Colatina. E quero fazer tudo isso de forma voluntária, exercendo meu papel de cidadão”, garantiu Meneguelli.

Sérgio Meneguelli irá para a capital federal no voo das 6h20. A previsão é de chega entre 8 e 9 da manhã. Em Brasília, o prefeito seguirá para algumas reuniões, às 15 horas se encontrará com o presidente e deve retornar para o Estado no final da tarde. A viagem foi custeada com recursos próprios. com https://tribunaonline.com.br

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar