Jovem mostra o pai agredindo a irmã em caso de homofobia

O fotógrafo Igor Do Valle contou nas redes sociais que também apanhou do pai e foi ameaçado com uma arma; segundo ele, a irmã de apenas 9 anos foi espancada por dizer que estava gostando de uma amiga.

Fotógrafo expõe pai agredindo a irmã por assumir que estava “gostando da amiga” (Foto: reprodução/instagram)
Fotógrafo expõe pai agredindo a irmã por assumir que estava “gostando da amiga” (Foto: reprodução/instagram)
O fotógrafo Igor do Valle usou a suas redes sociais para expor um vídeo de seu pai agrendindo a irmã, de apenas 9 anos, porque, segundo ele, a menina assumiu que estava “gostando de uma amiga”.

Em imagens publicadas no Twitter, o pai aparece com um cinto na mão batendo na menina. É possível ouvi-la chorando e, em determinado momento, o agressor diz ao filho que “Se filmar, é pior”.

Na legenda, Igor explicou a situação. “Bom, esses são meus pais, espancando minha irmã só porque ela disse que estava “gostando da amiga”. Eu passei por isso pelo fato de ser gay, apanhei muito desse cara (pai), até arma na minha cara ele colocou. E agora ver minha irmã passar por isso eu não aceito, ele bate na minha mãe”, revelou o profissional.

Ele ainda relatou que é intimidado pelo pai. “Nos ameaça falando que se denunciar ele, ele vai matar a gente. Eu não sei o que fazer, só quero paz e a liberdade da minha irmã ser quem ela quiser, não vou mais me calar diante desse psicopata”, publicou. O jovem segue dizendo: “Muita gente falando mer** aqui e dizendo que eu quero biscoito – gíria para visibilidade na web -, na verdade não tem noção da terça parte do que eu passei. Recebi milhares de mensagens mandando eu dar notícias tanto aqui como no Insta. Deixei claro que estou gravando tudo lá e ninguém é obrigado seguir, mas sim pra poupar mais”, desabafou.

“O meu tempo é corrido, já que passei o dia na delegacia e no Conselho Tutelar resolvendo isso, não dava tempo de ficar aqui digitando pra dar notícias e resolvi explicar lá”.

Igor também compartilhou alguns vídeos nos Stories de seu Instagram explicando sua iniciativa diante das agressões vividas pela irmã. “Eu vim na delegacia tomar as devidas providênicas. Eu estou morrendo de medo, mas eu não posso mais me calar diante de tudo”.

Mais tarde, ele contou que estava na casa de uma amiga. “Vou atualizar vocês. Eu fui a delegacia e não consegui nada. Daí, fui ao Conselho Tutelar e registrei tudo e pediram para fazer a ocorrência pelo site. Eu já fiz e já está tudo meio caminho andado. (…) Eu não vou aceitar a minha irmã passando por isso. Ele é uma pessoa agressiva e já agrediu a minha mãe. Eu espero que o Conselho Tutelar tome uma atitude. Estou expondo tudo na internet mesmo porque estou com medo. Caso aconteça alguma coisa, eu tenho provas e está tudo registrado aqui”, finalizou.

Fonte G1

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar