Vídeo: “Se filmar, é pior”, diz pai espancando menina de 9 anos

O fotógrafo Igor do Valle flagrou o pai dele agrendindo a irmã, de apenas 9 anos, na casa onde moram no Rio de Janeiro na última 2ª-feira (7.dez.2020) e decidiu denunciar nas redes sociais. De acordo com o relato do fotógrafo, a agressão ocorreu após a menina afirmar que estava “gostando de uma amiga”. Nas redes sociais, ele compartilhou um vídeo em que o pai aparece com um cinto na mão agredindo a criança que grita e implora para que o suspeito pare de agredí-la. 

Na gravação, é possível ouvir a menina chorando e o pai ameaçando o filho: “se filmar, é pior”. “Eu passei por isso pelo fato de ser gay, apanhei muito desse cara [pai], até arma na minha cara ele colocou. E agora ver minha irmã passar por isso eu não aceito, ele bate na minha mãe”, denunciou Igor.

“Mais uma. Vai tomar”, esbraveja o pai fazendo ameaças contra a criança. É possível ouvir também uma mulher ordenando: “para com isso”. Igor implora para que o homem pare com as agressões. “Não bate nela, por favor”, pedido ignorado pelo suspeito.  

A filmagem acaba quando a mãe dá um tapa no celular do filho.  A mulher, identificada por Igor como sua mãe, vê o pai ameaçar a criança e não faz nada para protegê-la. 

Depois do episódio, Valle foi para casa de uma amiga e não pôde levar a irmã porque está desempregado. “Vem me buscar. Eu não quero ir para o orfanato”, relatou a menina ao irmão por meio do WhatsApp, como mostra a conversa disponibilizada pelo rapaz. Igor disse ainda que foi até uma delegacia para abrir um boletim de ocorrência para “tomar as devidas providências” em relação às agressões dos pais contra a sua irmã.

Mais tarde, nesta 3ª-feira (8.dez), na sua rede social, Igor comunicou que a irmã foi levada à casa da avó, e uma outra parente passou para levar pegar a criança e levar ao UPA, devido aos ferimentos provocados pelas agressões do pai.  

com https://www.msnoticias.com.br

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar