Caminhoneiros organizam greve para o dia 1º de fevereiro para protestar o valor do Diesel

Uma grande parte dos caminhoneiros estão organizando uma greve para o dia 1º de fevereiro após decisão do Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC), realizada nesta terça-feira, 5.

Um dos principais motivos da paralisação é o preço do Diesel que está em alta nos postos de combustíveis e também pelo preço mínimo do frete que não é respeitado.

Também foi citado que será cobrado uma fiscalização mais forte da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

De acordo com o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens de Feira de Santana e Região (Sintracam), a ordem é que no dia 1º de fevereiro os caminhoneiros autônomos e apoiadores fiquem em casa. Só vai passar carro de passeio e ônibus “Confirma o representante da classe. 

A última greve dos caminhoneiros no Brasil ocorreu em 2018, também chamada de Crise do Diesel, foi uma paralisação de caminhoneiros autônomos com extensão nacional iniciada no dia 21 de maio  e terminando somente no dia 30 de maio. Durante a greve ocorrida em 2018 vários mercados e postos de combustível ficaram desabastecidos.

O Litro da gasolina em alguns postos na época chegaram a custar 10 reais e caso venha ter uma greve de grande proporções o cenário pode ser ainda pior por conta da pandemia que o Brasil está vivendo. com http://didiadidia.com/

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar