Jovem perde pai e mãe no mesmo dia por falta de oxigênio em Manaus: ‘Aterrorizante’

Iyad Hajoj perdeu seu pai e sua mãe, ambos no mesmo dia em um hospital em Manaus e o pior de tudo que a vida deles poderiam ser poupadas caso houvesse oxigênio. Já faz alguns dias que foi emitido um alerta pelo hospital de Manaus de que havia acabado os oxigênios.

Os pais de Iyad estavam internado no Hospital Getúlio Vargas infectados com Covid-19, o pai na UTI e a mãe do rapaz na enfermaria do local, mas ambos não resistiram as complicações do vírus após o oxigênio acabar.

Iyad que é administrador de empresas, esteve na última quinta-feira(14), na unidade de saúde para poder fazer o reconhecimento do corpo de seus pais. Ainda no dia anterior, ele teria ido ver sua mãe no hospital e não foi informado por profissionais do local que o oxigênio estava em falta.

Amado e Zahieh Hajoj com Iyad e uma de suas irms Foto Arquivo pessoal

Em uma entrevista concedida à Aline Midlej, da GloboNews, o administrador falou um pouco sobre a difícil perda de seus patriarcas. “Foi o dia mais aterrorizante que eu não desejo para absolutamente ninguém”, disse o rapaz.

Ele também contou que havia sido infectado pelo vírus, pois teve que cuidar de seus pais. Os pais do jovem vieram à óbito com cerca de 1 hora um do outro. Em um depoimento dado por Hajoj, foi ressaltado que seus pais eram trabalhadores imigrantes, mas cumpria com suas obrigações de parem impostos e no mínimo eles poderiam receber um tratamento digno.

Via: g1.globo.com

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar