Doria diz que Pazuello mente ao dizer que houve apoio federal na Coronavac

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, afirmou hoje que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, “mente” ao dizer que houve apoio e recursos federais no desenvolvimento da Coronavac.

“Pazuello mente, foi investimento do governo do Estado de São Paulo. Não teve um centavo do governo federal”, acrescentou. Segundo Doria, 50 mil doses do estoque das vacinas contra a covid-19 utilizadas no estudo clínico serão destinadas a médicos do Amazonas. “Já não confio mais no Ministério da Saúde. Amanhã, pela manhã, um avião levará 50 mil doses, independentemente da cota do ministério”, disse.

Nesta tarde, Pazuello se referiu ao início da vacinação em São Paulo como “golpe de marketing”. “O governo federal, há 11 meses, faz golpes de morte para os brasileiros, com falta de seringa e de agulhas e frases lamentáveis, como ‘e daí?’, ‘tome clororquina’”, disse Doria. UOL

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar