Grávida vai até a delegacia e propõe ficar presa no lugar do marido

Na noite de segunda-feira, 12 de abril, uma mulher grávida de oito meses se dirigiu até a Central de Flagrantes, no Centro de Teresina, após saber que o marido tinha sido preso suspeito de cometer um assalto na região.

De acordo com ela, o companheiro é inocente: “Ele saiu de casa de manhã dizendo que ia trabalhar, por volta de 18h pegara ele. Eu não sabia se ele estava fazendo alguma coisa de errado, ele trabalha como entregador de delivery, não acredito que esteja realizando assaltos”, declarou. 

Na porta da Central, a gestante afirmou que ia fazer o possível para soltar o marido, mas que se pudesse estaria em seu lugar: “Tudo que eu quero é soltar ele e vou, mas se eu pudesse estaria sim no lugar dele”, desabafou.

com https://www.meionorte.com

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar