Empresa realiza ‘paredão eliminatório’ entre funcionários ‘Eles votavam em quem seria demitido’

Empresa cearense é condenada pela Justiça após fazer um “paredão eliminatório” entre os funcionários, como o reality show BBB. Eles votavam em quem deveria ser demitido.

“A Justiça do Trabalho do Ceará condenou uma empresa de turismo a pagar indenização por danos morais de R$ 14 mil à uma consultora de vendas que foi demitida após votação pelos colegas de trabalho, em um procedimento inspirado no “paredão” do Big Brother Brasil. (…) Na ocasião, os funcionários foram coagidos a votar em um colega de trabalho e dizer por que este deveria ser dispensado.

A dinâmica resultou na saída da funcionária, que alegou sofrer com depressão e traumas psicológicos em decorrência da exposição. Além da consultora em questão, uma testemunha afirmou que também foi desligada na mesma situação.” com UOL

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar