Ao som de Funk brasileiro nas Olimpíadas de Tóquio, ginasta vai às finais

E teve funk nas Olimpíadas de Tóquio! Dessa vez, no palco principal da Ginástica Artística. Tudo graças a Rebeca Andrade, ginasta brasileira que utilizou “Baile de Favela” como trilha sonora de sua performance no Solo. E se destacou.

A apresentação no Solo de Rebeca misturou música clássica e funk, com o instrumental da música de MC João, grande sucesso de 2015, e colocou a brasileira na quarta colocação do aparelho.

No geral, Rebeca Andrade mostrou sua força e se classificou em segundo lugar, atrás apenas da estadunidense Simone Biles, considerada a melhor ginasta da atualidade. A diferença entre as duas, inclusive, não foi grande: apenas 0,332. Com essa classificação, Rebeca fica mais próxima de se tornar a primeira medalhista brasileira no geral da ginástica artística feminina.

Além do solo e do geral, Rebeca ainda se classificou para a final do salto.

Veja a performance do solo de Rebeca Andrade:

Imagem

Essa não é a primeira vez que Rebeca Andrade se apresenta com “Baile de Favela” em sua performance de solo na Ginástica Artística. No Pan-Americano de Ginástica, a ginasta brasileira fez história ao garantir sua vaga nas Olimpíadas de Tóquio com uma pontuação excelente e ainda fez o funk ser notado mundialmente. com https://portalpopline.com.br/

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.