Caso Lázaro: Força-tarefa sofre com ataques de carrapatos

A força-tarefa que busca pelo suspeito da chacina no Incra 9, no último dia 9, Lázaro Barbosa, tem surto de carrapatos, fazendo com que os policiais precisassem de atendimento médico. Um médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Águas Lindas de Goiás contou que atendeu membros da equipe com até 60 marcas de picadas pelo corpo.

“Isso está acontecendo todos os dias. Os militares estão sofrendo muito com esse problema que causa um grande desconforto devido à coceira intensa. Desde a semana passada que venho atendendo esse tipo de ocorrência diariamente. Não somente eu, outros colegas médicos me informaram que também atenderam”, contou o especialista.

Neste domingo (27), chegamos ao 19° dia de buscas por Lázaro. Além da chacina, ele é suspeito de outros sete crimes, como estupro. A força-tarefa conta com mais de 270 policiais civis, militares, federais e rodoviários federais. Também estão sendo usados helicópteros e cães farejadores.

À TV Anhanguera, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO) informou que os policiais “foram medicados, estão bem e já estão em campo”. R7

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar