Corpo de jovem morto, após desejar ‘boa sorte’ a Lázaro, será exumado

Um jovem morto a tiros por policiais no Maranhão foi enterrado sem passar por necropsia e agora o Ministério Público do estado demandou a exumação do corpo, a realização de perícia nos projéteis para exame de balística e a reconstituição do crime.


O rapaz, identificado como Hamilton Cesar Lima Bandeira, teria desejado “boa sorte” a Lázaro Barbosa de Sousa, foragido da polícia há 16 dias por supostos crimes em série.


Hamilton foi baleado na frente da família em 17 de junho dentro da casa, localizada no povoado Calumbi, zona rural de Presidente Dutra, durante abordagem da Polícia Civil sobre uma publicação que teria sido feita online.


Familiares contam que o jovem sofria transtornos mentais e mostraram as receitas médicas como comprovação. De acordo com eles, o jovem não reagiu durante a abordagem policial.

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar