Esgrimista é banido da vila olímpica acusado de má conduta sexual

A Olimpíada de Tóquio não começou muito bem para Hadzic, de 29 anos. Ele foi levado a um hotel onde está confinado e bem longe da delegação dos EUA. Tudo porque foi acusado por três mulheres. O hotel está localizado a 25 minutos do vila olímpica.

Segundo as alegações que ocorreram entre 2013 e 2019., a primeira mulher denunciou o atleta quando ambos estavam na equipe de esgrima da Universidade de Columbia (EUA)

Hadzic também é acusado de apalpar outra mulher em 2015, nos Estados Unidos, depois que a convidou, juntamente com uma amiga, para o seu apartamento. 

Atleta nega acusações e se diz prejudicado/reprodução

Decisão

Informações divulgadas no portal Extra, diz que Hadzic nega as acusações. Depois de ser provisoriamente suspenso pelo Centro para Segurança no Esporte dos EUA ( que combate casos de abuso sexual cometidos por esportistas e técnicos)  a direção da equipe olímpica americana decidiu liberar Hadzic para competir em Tóquio.

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.