Garota que matou namorado a facadas durante o sexo vai para o regime semiaberto

Autora de um dos crimes mais brutais da história de Vilhena, a ex-babá Vânia Basílio Rocha continuará cumprindo sua pena, mas agora no regime semiaberto e podendo trabalhar. Portanto, ela já passa o dia inteiro no serviço e só volta à Colônia Penal para dormir.
 
Um leitor do FOLHA DO SUL ON LINE viu a jovem apenada, hoje com 24 anos, e soube por outras pessoas que ela também foi autorizada a frequentar cultos em uma igreja evangélica da cidade.
 
Em 2015, com apenas 18 anos, Vânia virou notícia em todo o Brasil, após matar o namorado, Marcus Catanio Porto, o “Tim”, na época com 26 anos, desferindo várias facadas contra ele em pleno o ato sexual entre os dois. O crime aconteceu no dia 30 de dezembro daquele ano.
 
Em primeira instância, Vania foi condenada a 13 anos de prisão. Porém, a Defensoria Pública, que atuou em sua defesa, entrou com recurso e o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) diminuiu a pena para 8 anos e 4 meses. Na época, o defensor público George Barreto Filho comentou a mudança na decisão. 
 
“O tribunal reexaminou o caso, e como já era esperado, reduziu para 8 anos e 4 meses, que é uma pena mais adequada. Apesar de que, no meu entendimento particular, seria uma pena que merecia, ainda, uma redução abaixo de 8 anos”, enfatizou o defensor.
 
NOVA FASE

O FOLHA DO SUL ON LINE buscou informações sobre a apenada e descobriu que ela foi autorizada pela Secretaria de Estado da Justiça a trabalhar num órgão público.
 
Após conseguir o direito ao regime semiaberto, no dia 06 de agosto deste ano, a jovem passou por uma perícia psiquiátrica na rede pública. O laudo médico constatou que ela está apta a retornar a sociedade, sendo possível a progressão de regime, o que foi determinado pela justiça.
 
Mesmo vivendo esta nova fase, Vânia parece não estar usando suas redes sociais. Embora mantenha seu perfil ativo no Facebook, as últimas postagens dela na rede social são do ano de 2016. com https://tudorondonia.com/

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar