Holanda confirma 13 casos da ômicron entre viajantes da África do Sul

As autoridades de saúde da Holanda informaram, neste domingo (28.nov), que 13 dos 61 viajantes que testaram positivo para a covid-19 carregam a variante ômicron. Os passageiros ingressaram no país na última 6ª feira (26.nov) em voos procedentes da África do Sul e estavam em isolamento social.

“Em nossa investigação de sequenciamento (de vírus), que ainda está em andamento, encontramos até agora 13 casos da variante ômicron entre os testes positivos”, afirmou o Instituto Nacional de Saúde em um comunicado. “Não é improvável que mais casos apareçam na Holanda”, disse o ministro da Saúde, Hugo de Jonge, após o resultado. “Esta pode ser a ponta do iceberg.”

Após a descoberta da cepa, o governo holandês suspendeu as viagens para países do sul da África na manhã de 6ª feira. No entanto, dois voos com cerca de 600 passageiros chegaram a desembarcar no Aeroporto Schiphol de Amsterdã. Todos os viajantes foram submetidos a testes e levados a hotéis para permanecer em isolamento social.

Segundo o governo local, as autoridades também estão tentando entrar em contato e testar outros 5 mil passageiros que viajaram da África do Sul, Botswana, Eswatini, Lesoto, Moçambique, Namíbia ou Zimbábue desde o início da semana.

A nova cepa da covid-19, categorizada como “variante da preocupação” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), vem gerando alerta em todo o mundo por sua linhagem composta por dezenas de mutações, o que pode impactar na contenção da pandemia. com https://www.sbtnews.com.br

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.