Homem morre durante uma “rapidinha” no carro com namorada

Uma “rapidinha” que acabou custando uma vida. Foi isso o que aconteceu com um homem de 54 anos, que resolveu viver uma aventura sexual dentro de um carro, na cidade de São Miguel de Tucumã, na Argentina.

O “Hermano” conseguiu convencer sua namorada, após aquela conversa no pé do ouvido, a fazer amor no interior do seu veículo. O que seria uma noite de aventura, acabou se transformando em uma tragédia.

O homem estava no “bem bom” e começou a passar mal. Ele achou que era cansaço, mas era um infarto fulminante, que não lhe deu chances para mais nada. Morreu, mas morreu tendo prazer e ao lado de sua amada.

Por conta do ocorrido, a mulher acionou o serviço de emergência para obter ajuda. A causa da morte acabou sendo dada dias depois, após a realização da autópsia.

Segundo o El DoceTV, o homem e a namorada, de 40 anos, dirigiram para o campo em um Fiat Siena. Eles fizeram sexo no local, e a mulher afirmou que o namorado começou a passar mal no momento de intimidade. Ao atender o sujeito, a equipe médica confirmou a morte dele e chamou a polícia para intervir no caso da morte, que era pouco esclarecido.

Apesar do pouco esclarecimento, uma coisa é certa: ele estava tão numa boa, que o “ditado partindo dessa, para uma melhor”, talvez não se aplique a ele. com DOL

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.