Jovem recebeu mensagens de ameaças do ex cinco dias antes de ser morta a facadas

A jovem Raiane Miranda de Almeida, 20 anos, foi morta a facadas, na última sexta-feira (31/7), em Santana, a 17 km de Macapá. A Polícia Civil encontrou mensagens do ex-namorado, de 26, com ameaças de morte, cinco dias antes do crime. As informações são do G1.

A Justiça determinou a prisão preventiva do ex-companheiro, no sábado (1/8), como suspeito de ser autor do assassinato. Para a polícia, não resta dúvidas de que o caso se trata de feminicídio, e que o crime foi premeditado.

O delegado responsável pelo caso, Yuri Agra, mostrou, por meio de mensagens no celular da jovem, que o ex-namorado havia se cansado de insistir para voltar o relacionamento.

“Pode me denunciar, porque tu não está nem ai, tá com macho, tá de boa. Eu não iria mais atrás, mas to te avisando logo. Depois desse prejuízo de agora, tu vai se f… vai denunciar que eu vou te matar, pode fazer isso [sic]”, dizia nas mensagens.

Raiane trocou de número, porque não aguentava mais as ameaças do ex. Em 27 de julho, ele chegou a mandar mensagem para um familiar da vítima, citando a denúncia. “Mas manda ela denunciar logo, porque a hora que pegar ela por aí ela já sabe [sic]”.

O ex-namorado foi preso horas após o crime, na casa de um parente. Durante o interrogatório, ele permaneceu em silêncio, disse o delegado.

O crime

A jovem voltava do trabalho quando o ex-namorado a abordou próximo de casa, por volta de 21h30 de sexta-feira. A faca utilizada no crime foi deixada no local ainda ensanguentada.

A equipe de saúde disse à Polícia Militar que a vítima tinha lesões de quatro facadas. Com G1

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.