Menino com “meio coração” completa 10 anos de vida

Bowen Hammit é um menino que nasceu com a Síndrome do Coração Esquerdo Hipoplásico. A doença é extremamente rara e faz com que o lado esquerdo do coração seja subdesenvolvido. Dessa forma, quando o bebê é diagnosticado após seu nascimento, dificilmente sobrevive mais do que duas semanas.

Logo depois de seus primeiros dias de vida, o recém-nascido passou por uma cirurgia. Mesmo com o procedimento, a chance de sobreviver além de 2 meses ainda era remota. Posteriormente, Bowen precisou de outras duas cirurgias de “peito aberto”. Estas apesar de não significarem a cura da doença, aumentaram sua expectativa de vida.

“Me lembro de estar com ele e de pensar – tenho que segura-lo como se fosse a última vez que faço isso”, afirmou Matt Hammitt, pai do garoto, ao Good Morning America. Depois de todos os procedimentos, o pequeno ainda precisou ficar mais 10 semanas no hospital. “É uma coisa muito difícil de passar. Viver sabendo que a qualquer momento você pode perder seu filho”, ressalta o pai.

Recentemente, Bowen celebrou seu aniversário de 10 anos. Feito esse que contraria todos os prognósticos médicos de quando nasceu, em 2010. Hoje, ele é um garoto ativo que leva uma “vida praticamente normal”. O aniversariante gosta de brincar com outras crianças e de nadar.

Em abril desse ano, lançou uma música que fala sobre sua doença e no futuro pretende seguir a carreira artística. A história do garoto dentro em breve deve virar um documentário, chamado Bowen’s Heart (O Coração de Bowen, em português). A ideia do filme é debater mais sobre a condição de vida dos portadores da síndrome. Bem como mostrar o dia-a-dia de Bowen. A princípio o documentário deve ser lançado no Festival de Cinema de Nashville de 2021.

“Nós vemos tudo o que passamos e somos muito abençoados por ele e pela pessoa que ele está se tornando. Ainda mais, pela vida. Talvez ele viva até os 30, quem sabe, talvez até os 40. Quem sabe um dia se case. Nunca pensei que essas coisas fossem acontecer. E agora estou começando a deixar meu coração pensar que podem”, disse Sarah Hammit, mãe de Bowen. com https://bebemamae.com/

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.