Mulher atacada pelo próprio pitbull morre internada

A raça pitbull é vista por muita gente como agressiva e perigosa. Apesar da fama, o animal dessa raça tem o comportamento baseado na educação recebida pelos tutores desde filhote. Em alguns casos, infelizmente, a história do cão é marcada por agressividade.

Uma mulher, identificada como Marizete Cordeiro, foi atacada pelo próprio cachorro, da raça pitbull. O ataque teria ocorrido no dia 7 de julho, no bairro da Pedreira, em Belém. Ela foi socorrida e internada em um hospital da capital. Após 12 dias hospitalizada, ela não resistiu e faleceu no último domingo (18). De acordo com familiares da vítima, Marizete teria falecido devido a uma pneumonia que a mesma adquiriu durante a internação. O filho da mulher afirma que a morte da mãe não teve qualquer ligação com o ataque do animal, que vivia com a família há 11 anos.

Ataque

Imagens que circulam pelas redes sociais mostram a dona do animal jogada no chão, no quintal da residência onde morava com o cachorro, além de outro pitbull que não participou do ataque. Uma vizinha relatou que o ataque teria ocorrido após Marizete correr para retirar uma roupa do varal, já que estava chovendo, mas o cachorro não reconheceu a dona, que estava com uma toalha na cabeça, e iniciou o ataque. O filho da vítima ressaltou que o animal não reconheceu a mãe por causa do cheiro de um sabonete que Marizete estava usando no momento do incidente.

com DOL

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar