O mundo está à beira de uma catástrofe nuclear pela primeira vez desde a Guerra Fria

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, se pronunciou recentemente e anunciou que o risco de um ‘armagedon’ nuclear está em um nível maior do que quando aconteceu a crise dos mísseis cubanos de 1962.

A opinião de Biden foi dada nesta última quinta-feira, dia 6 de outubro, logo após ter sido realizada uma arrecadação de fundos para o Comitê de Campanha do Senado Democrata, na qual a Rússia não desconsiderou a possibilidade de se utilizar armas nucleares táticas para combater a Ucrânia. Lembrando que os dois países estão em guerra.

Biden informou que está de olho no presidente da Rússia, Vladmir Putin, para observar como ele pode reagir em relação ao confronto que irá se desenrolar com os ucranianos.

“Não enfrentamos a perspectiva do Armagedom desde Kennedy e a crise dos mísseis cubanos.”, disparou ele, diante do assunto.

Ainda segundo o presidente dos Estados Unidos, o uso de uma arma nuclear pode rapidamente levar a uma saída do controle e uma destruição global.

“Não existe a capacidade de usar facilmente uma arma tática e não acabar com o Armageddon”, ainda disparou ele, diante do assunto.

O norte-americano ressaltou que está buscando uma saída diplomática em relação aos planos de Putin, tentando descobrir quais são os seus próximos passos.

A situação global atual é algo que preocupa a muitas pessoas. O uso de armas nucleares realmente pode acabar com toda a humanidade.

Via: g1.globo.com

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.