Polícia age rápido e impede suicídio no Olho d’Água

Na última quarta-feira por volta das 22h, a guarnição de serviço na VTR 19.255 – Olho D’água 3• Cia/8° BPM, recebeu via CIOPS uma denúncia informando que uma mulher que estaria tentando cometer suicídio, que a mesma pretendia se jogar de cima da caixa d’água da torre do seu prédio.

Ao chegar no local e se deparar com a situação, foi afirmado com CIOPS a necessidade do Corpo de Bombeiros, pois são os especialistas nesse tipo de ocorrência, e de prontidão o CIOPS repassou para a GU do Olho D’água que o Corpo de Bombeiros estavam a caminho.

Para que pese, a vítima fazia incansavelmente menção de tirar sua própria vida. Bem como, foi informado para a GU, através de moradores, que havia duas crianças presas num suposto apartamento, sendo uma de 01 ano e outra de 11 anos, possíveis filhos da vítima, que estariam em abandono (deixados pela mãe antes da decisão do suicídio).

Momento esse, que mediante a complexidade dos fatos e não chegada do Corpo de Bombeiros no local, a os Soldados 1105/17 Cruz e 220/18 Vitor Lobo, decidiram subir na caixa d’água através das tubulações para salvar a vítima, bem como manter a fraternidade entre mãe e filhos, tendo em vista que esses iriam ficar sem seu leito materno.

A posteriori, logrando êxito na missão, a GU do Olho D’água conseguiu dialogar e interceptar a vítima no alto da caixa d’água, fazendo a remoção para o solo, segura e com vida.

À princípio, a vítima se recusou a falar o local em que as crianças se encontravam, porém, após um diálogo ela levou a GU ao Apartamento, onde foi assegurado a segurança da vítima e das crianças.

Contudo, o pai da criança se fez presente, e se responsabilizou em tomar as medidas cabíveis com sua esposa e filhos. A vítima foi salva sem lesões corporais.

Com blog do Luis Cardoso

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.