‘Tchau, estou morrendo’, mulher soterrada com o marido em Recife se despediu dele antes de falecer

As fortes chuvas que atingem várias regiões do estado de Pernambuco vêm provocando uma grande tragédia. Até o momento 106 mortes foram confirmadas, equipes do Corpo de Bombeiros, homens do Exército e voluntários estão trabalhando nos regates das vítimas.

Entre as 106 vítimas fatais, a maioria perdeu a vida na Região Metropolitana de Recife, capital do estado, está Luci Maria da Silva, de 48 anos. Ela morreu vítima de um deslizamento de terras em Jaboatão dos Guararapes, no último dia 28 de maio.

Ela estava com seu marido, o serralheiro Gláucio José da Silva, ele revelou que o casal havia acabado de se deitar quando escutou um grande estrondo e em seguida a casa foi arrastada pela lama.

Gláucio revelou que abraçou a esposa na tentativa de a proteger, mas que foi em vão.

“Ela morreu nos meus braços, soterrada comigo. A gente estava agarrado, estava dormindo de conchinha. E ela morreu nos meus braços. Morreu falando, e ainda me deu tchau. Disse eu estou morrendo, Gláucio, tchau, estou morrendo”; afirmou o homem desolado.

O serralheiro contou que está vivo graças aos vizinhos que se apressaram a socorrê-lo e o retiraram do meio da lama e dos escombros.

Para ver o vídeo CLIQUE AQUI!

Gláucio revelou que no momento em que aconteceu o soterramento havia muitas pessoas no local, era aniversário do seu concunhado que também morreu debaixo da lama. Onze pessoas que comemoravam o aniversário ficaram feridas.https://minutoinfo.com/

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.