Vídeo: Noiva evangélica expõe machismo passado em curso de noivos

O vídeo da corretora de seguros Jéssica Arruda, de 28 anos, ganhou repercussão nas redes sociais após a jovem que é Integrante da igreja Batista do Sétimo Dia, e está prestes a casar resolver expor sua experiencia no curso de noivos promovido pela instituição religiosa. Seu objetivo era buscar “uma sociedade menos machista, opressora, violenta e abusiva”.As informações são de IG.

O homem fica frustrado e muitas vezes com raiva quando a mulher se nega a fazer sexo”
“Se você quer ter o seu marido emocionalmente conectado a você, faça sexo regularmente com ele”

“O homem fica nervoso e muito irritado quando fica muitos dias sem fazer sexo”

“Quer ter um homem tranquilo, sereno e calmo ao seu lado? Você saberá o que fazer” 

Os “conselhos” acima são trechos de um material entregue no curso de noivos que a Igreja Adventista promove para casais que estão prestes a casar. Ele foi editado em 2019 pela Divisão Sul Americana da IASD, ou seja, foi revisado pouco tempo atrás.

O que preocupou a corretora foi a possibilidade de as pessoas não perceberem o significado de algumas ideias presentes no material. Ideias que legitimam abuso, assédio, violência e transferência de responsabilidade, especialmente para a mulher.  Por isso, sem nenhum medo ou receio de exposição, Jéssica ‘rasgou o verbo’.

É claro que o posicionamento da campo-grandense chamou atenção entre seus 1,6 mil seguidores e dividiu opiniões. Mas, o intuito, segundo ela, foi alertar mulheres que carregam sozinhas inúmeras responsabilidades e apontar a necessidade de mudança sobre a abordagem do curso, “afim de uma sociedade menos machista, opressora, violenta e abusiva”, descreve.

Veja o vídeo:

com 180graus

Leave a Reply

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.